O que eu sempre quis escrever e não tive disciplina suficiente para escrever a respeito dos catálogos online de bibliotecas.
Parabéns à blogueira bibliotecária do Cotidiano Nosso!

Cotidiano Nosso de Cada Dia

Praticamente dando continuidade ao meu último post, o “As dificuldades em encarar as bibliotecas como um serviço”, que você pode ler aqui, vou falar de algo que pra mim é igual pernilongo enquanto você dorme: catálogos online de bibliotecas.

A grande maioria das bibliotecas, no Brasil e no mundo, já automatizaram (ou estão em processo) seus acervos e serviços, melhorando a vida de todo mundo. Porém, falta muito pra ficar ideal. Antes, o usuário que queria descobrir se tinha determinado livro na biblioteca, precisava vasculhar as fichas do catálogo, esta maravilha museológica:

  E pensar que ainda vejo isso por aí, afffff! 
(Créditos: Site da PUC-RS)

Hoje raramente (será?) encontramos bibliotecas que fazem uso das fichas catalográficas. Praticamente as técnicas e métodos se “transferiram” para o meio digital, e com isto veio o MARC21, o RDF, o Dublin Core, o baile todo. Hoje, todo o catálogo está disponível na…

Ver o post original 653 mais palavras

Anúncios